PARCEIROS MASTER DA ABCONT

parceiro master abcont amenergia

Bandeiras tarifárias em energia elétrica: saiba mais

Você já ouviu falar nas bandeiras tarifárias? Aqui está uma explicação sobre o tema, e sua importância para o seu bolso

Bandeiras TarifáriasBandeiras tarifárias, será que sabemos o que é isso e como elas influenciam nosso bolso?

Todos nós já fomos impactados pelas bandeiras tarifarias. E por mais que pareça apenas um detalhe, elas afetam nosso bolso.

O problema é que, muitos de nós, pouco entende o que são as bandeiras tarifárias, já que nas contas, com letras pequenas, é impossível entende-las.

Apesar de ser um assunto comum em nosso dia-a-dia, nas contas de consumo de energia elétrica pessoa física e jurídica, existem muitas dúvidas sobre esse assunto.

E o fato de ser uma prática comum e antiga, que começou a vigorar em 2015, não faz com que tenhamos entendimento de seu papel e suas cobranças na nossa rotina.

Hoje é o momento de entender um pouco mais sobre as bandeiras tarifarias.

É o sistema que sinaliza aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

O funcionamento é simples: as cores das bandeiras (verde, amarela ou vermelha) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

Com as bandeiras, a conta de luz fica mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente.

Apesar de deixar claro que o sistema utiliza cores para mostrar o preço da energia, isso não é o suficiente, e muitas vezes acaba não respondendo todas as dúvidas.

Afinal, o quanto a energia fica mais cara? Qual é o tempo, limite e características de cada bandeira?

Se você quer tirar dúvidas como essas sobre as bandeiras tarifárias, vamos ajudar você a entender sobre o assunto.

Entendendo mais sobre as bandeiras tarifárias

Desde o ano de 2015, as contas de energia passaram a trazer uma novidade: o Sistema de Bandeiras Tarifárias, que apresenta as seguintes modalidades.

O sistema apresenta bandeiras verde, amarela e vermelha – as mesmas cores dos semáforos – e indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia a ser repassada ao consumidor final, em função das condições de geração de eletricidade.

Cada modalidade apresenta as seguintes características:

  • Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo.
  • Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,020 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;
  • Bandeira vermelha - Patamar 1: condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,030 para cada quilowatt-hora kWh consumido.
  • Bandeira vermelha - Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,035 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Todos os consumidores cativos das distribuidoras serão faturados pelo Sistema de Bandeiras Tarifárias, com exceção daqueles localizados em sistemas isolados.

Hoje, apenas o estado de Roraima não funciona com as bandeiras tarifárias no Brasil.

Como funcionam as bandeiras tarifárias?

As bandeiras tarifárias são classificadas por cores e indicam, a cada mês, se a energia custará mais ou menos em função do custo extra das distribuidoras com o uso de termelétricas.

As bandeiras tarifárias funcionam como um semáforo de trânsito: a bandeira verde significa custos baixos para gerar a energia, portanto, a tarifa de energia não terá nenhum acréscimo naquele mês.

A bandeira amarela indicará um sinal de atenção, pois os custos de geração estão aumentando.

Já a bandeira vermelha mostra que o custo da geração está mais alto, por exemplo, com o maior acionamento de termelétricas.

As bandeiras amarela e vermelha apresentarão custos extras nas contas de luz  para cada 100 quilowatts-hora consumidos. 

Mensalmente, o Operador Nacional do Sistema Elétrico calcula o Custo Marginal de Operação quando também é decidido se haverá ou não a operação das usinas termelétricas e o custo associado a essa geração.

Após cada reunião, com base nas informações nessas informações, a Aneel aciona a bandeira tarifária vigente no mês seguinte.

E dessa maneira as bandeiras tarifárias impactam nosso bolso na hora de pagar a conta de energia elétrica.

PARCEIROS RECOMENDADOS

  1. Relvas
  2. Ibjus
  3. Abat
  4. Monteiro
  5. Farah
  6. Universidade Tributária
  7. Junqueira
  8. Barbara
  9. Ivan Gonçalves
parceiros-recomendados-relvas
parceiros-recomendados-ibjus
parceiros-recomendados-abat
parceiros-recomendados-monteiro
parceiros-recomendados-farah
parceiros-recomendados-ut
parceiros-recomendados-junqueira
parceiros-recomendados-barbara
parceiros-recomendados-ivan
next
prev

CURSOS RECOMENDADOS

  1. tab06
  2. tab07
c recomendados-ibjus
next
prev

Newsletter

  • Pessoa Física
  • Pessoa Jurídica

Receba Gratuitamente Nossas atualizações - PF



Os seus dados não serão
transmitidos a terceiros

Receba Gratuitamente Nossas atualizações - PJ



Os seus dados não serão
transmitidos a terceiros

VISITANTES

CONVÊNIOS
  1. tab11
  2. tab12

dtpp-blog

oeb

  1. tab12
  2. tab11

oeb

dtpp-blog

PARCEIROS
  1. tab16
  2. tab17
  3. tab18